Descubra agora por que os cremes para varizes não funcionam

Há um velho ditado que nos diz que precisamos cuidar do nosso corpo de dentro para fora. Embora essa frase possa ter muitas conotações filosóficas e de cunho emocional, ela cai como uma luva em vários contextos na área da saúde. Uma aplicação possível, por exemplo, é no que diz respeito ao uso de cremes para varizes.
Utilizar esses produtos é uma medida, muitas vezes, ineficiente. Claro que isso não significa que eles não sirvam para amenizar os sintomas e até para fornecer um conforto extra a pacientes que convivem com a Doença Venosa Crônica (DVC) e seus sinais. No entanto, esse não é um tratamento direto para o problema.
Mas, por qual motivo esses cosméticos específicos não funcionam? É viável utilizá-los ao menos para prevenir o surgimento das varizes? Quais são os seus usos na prática? A seguir, vamos responder todas essas perguntas para que você tire as suas principais dúvidas sobre esse assunto. Boa leitura!

Cremes para varizes funcionam?

Infelizmente, não do jeito como muita gente espera. O surgimento das varizes se dá por causa de alterações estruturais nas paredes das veias. Essas mudanças fazem com que elas se dilatem, o que dificulta o controle do fluxo sanguíneo por meio das válvulas venosas.
Sendo assim, os cremes de uso tópico não geram efeito para a cura das varizes. Inclusive, vale lembrar que não existe uma cura para a doença. Há tratamentos para as varizes, mas acabar com a situação por completo ainda não é uma realidade.

Quais são os benefícios desse tipo de produto?

Isso não quer dizer que os cremes para varizes não tragam qualquer tipo de benefício para pacientes que os utilizam. Porém, é necessário ter consciência dos efeitos e das vantagens do uso desse tipo de produto.
No geral, esses cremes são bastante eficazes para ajudar com os sintomas, como a dor ou a queimação sentidas no local afetado. Então, sim, eles podem ser utilizados como abordagem coadjuvante nesses casos.

Quais são os tratamentos indicados para varizes?

Como explicamos acima, as varizes não têm cura — e, muitas vezes, há altas chances de recidiva no caso. Entretanto, alguns tratamentos podem ser muito benéficos para essa doença crônica.
O principal deles é a escleroterapia com espuma. Trata-se de um procedimento feito a partir da aplicação, nas veias, de uma substância que tem como objetivo a destruição das veias doentes.
Além disso, é possível minimizar os sintomas das varizes com a adoção de alguns hábitos e estratégias no dia a dia. Entre eles:

  • uso de meias elásticas;
  • uso de drogas veno-ativas;
  • controle do peso;
  • prática de exercícios físicos;
  • controle da alimentação.

Agora que você já sabe que cremes para varizes não funcionam para tratar o problema, e sim para aliviar alguns dos sintomas comuns desse quadro, que tal agendar uma consulta com um especialista? A Spaço Vascular conta com profissionais altamente qualificados que vão indicar os melhores tratamentos para o seu caso.
Se você quer descobrir se precisa de tratamento para a Doença Venosa Crônica, faça o teste rápido em nosso site!

Assine nossa newsletter!

Quer ficar por dentro das melhores dicas e conteúdos do blog?

Rolar para cima